3

Um pouquinho da minha vida pra vocês !!!

 Olás!!! Consegui...coloquei minhas fotos no computador, ufa!!! Como a gente pena com essas coisas de modernidade, né não?
 Trouxe a imagem da minha árvore de Páscoa, não ficou muito boa, mas tá valendo! Eu montei ela no rancho, pois passamos o feriado lá. As crianças amaram e eu também...
 Esse é meu indiozinho chegando da escola no Dia do Índio! Com cocar pintado por ele e colar feito de macarrões, também pintados!

 Aqui já é um coelhinho chegando da escola na véspera do feriado! Lindo!

Na escola, sexta-feira, na comemoração e apresentação do Dia das Mães. Pena que já estava sem a roupa do papai!!! Ficou um show!
 Meu pai e meu filho mais velho, sentados no banco na varanda do Rancho!


 Feriado da Páscoa. Pescaria no rancho!!!
Logo cedo, indo buscar leite tirado na hora. Eita trem bão, sô!!!!



 Lá na casa dos meus pais, no sítio. Contato com os animais é tudo de bom...

 O João chama os leitões de "bebês"!!!! É um sarro..."- Vamos ver bebês, vovô?"
Espero que tenham apreciado um pouquinho da minha vidinha, pois é com muito carinho que venho postar os afazeres e acontecimentos do meu dia-a-dia!
Ficarei ausente por uns dias, pois farei uma viagem com meus filhos e meu marido, mas assim que retornar venho aqui matar as saudades e postar mais um poquinho do que andei fazendo por aí!!!
Beijinhos carinhosos em todos que passam aqui no meu cantinho. Fiquem com Deus e até breve.
Ah, comenta vai, fico tão feliz!!!!

2

Boa noite!

4

Boa semana a todos!



 Olá pessoas queridas!
 Como passaram as mamães?
 Well, na sexta-feira à noite fui na apresentação na escola. Os pequeninos desfilaram para suas mamães: as meninas com uma roupa e acessórios da mamãe e os meninos com camisa e gravata dos papais. Foi muito lindo ver meu pimpolho, tão pequeno desfilando como gente grande!
 Depois da apresentação fomos jantar em um restaurante italiano...Delícia!!!!
 Na manhã de domingo fui acordada pelos três homens da minha vida!!! Nada melhor poderia acontecer, ser acordada ao som dos risos de meus filhos, não há presente maior!!!
 Tomamos um gostoso café-da-manhã e no almoço saímos para almoçar em uma churrascaria com meus pais, meu irmão e sua mulher. A churrascaria estava lotada, aliás, tudo em Ribeirão estava lotaaaado...
 À noite jantamos na casa da minha sogra com a família do meu marido.
 Ah, meu presente??? Tudo isso já é um grandce presente de Deus, mas como os homens insistem na materialidade da felicidade, se assim podemos dizer, eu ganhei um maravilhoso perfume do O Boticário, Lilly! É delicioso, tenho certeza que vocês já conhecem, não é meninas?! Eu já tinha o hidratante e agora o perfume, sem falar no frasco que é lindo, com aquele borrifador...hummm, tô que tô! rsrsrrsr



 Pena que não estou sabendo colocar as minhas fotos no computador para postar aqui no blog, desde a Páscoa que eu quero postar a árvore de Páscoa que eu montei, lembram? Não estou conseguindo, e meu marido está sem tempo pra me ensinar, snif, snif !
 Lembrando que hoje é aniversário do meu pai. Parabéns querido, muitos anos de vida e muitas alegrias em nossas vidas. Hoje tem bolo e salgadinho na casa da mams e paps, que delícia!!!!



 Por hoje é isso! Tenham todos uma semana abençoada, produtiva e cheia de conquistas. Beijinhos carinhosos e até breve!

0

Bom Final de Semana Mamães!


3

Cartões para o Dia das Mães e Eu te amo e Mãe em vários idiomas

 Nada melhor do que a mamãe receber um cartão feito pelo filho. Eu recebi um hoje, do João Fábio, chegou da escola e me entregou o cartão que ele pintou, uma caixinha de MDF também pintada por ele e uma pulseira de contas de pérola dentro. Não há como não se emocionar! O mais velho, Guilherme, vai entregar o cartão só domingo!
 São os presentes mais lindos que nós mamães recebemos em nossas vidas, não é mesmo ?!?
 E com inspiração nos pequeninos, trouxe alguns modelinhos:





  Agora, se você quer surpreender sua mãe, veja como se escreve EU TE AMO em vários idiomas:


 Inglês: I love you mom
 Francês: Je t'aime maman
 Italiano: Ti amo mamma
 Alemão: Ich liebe dich mama
 Espanhol: Te amo mamá
 Norueguês: Jeg elsker deg mamma
 Holandês: Ik hou van je moeder
 Finlandês: Rakastan sinua äiti

 E tem também a grafia da palavra Mãe, em muitos outros idiomas:


 Alemão: Mutter
 Hindi: Maji
 Urdu: Ammee
 Inglês: Mom, Mummy, Mother
 Italiano: Madre
 Albanianês: Mëmë, Nënë, Burim, Kryemurgeshë
 Belarusan: Matka
 Cebuano: Inahan, Nanay
 Servio: Majka
 Czech: Abatyse
 Holandês: Moeder, Moer
 Estoniano: Ema
 Frisian: Emo, Emä, Kantaäiti, Äiti
 Grego: Màna
 Hawaiano: Makuahine
 Húngaro: Anya, Fu
 Ilongo: Iloy, Nanay, Nay
 Indonês: Induk, Ibu, Biang, Nyokap

 Rsrsrs - Claro que ninguém vai sair por aí chamando a mãe de Fu, Ema, Emo e achar que tá arrasando né!
 Postei apenas por curiosidade, claro, mas o "Eu te amo!" até que vale colocar no cartão uns dois ou três idiomas, com a respectiva língua, senão sua mãe vai ficar é confusa!!!
 Espero que tenham gostado.
 Agora de noite vou na escola dos meus filhos assistir a apresentação do Dia das Mães, claro que vou chorar muuuito, porque não há emoção maior e mais linda do que ver seus pimpolhos cantando, recitando, atuando e tudo em homenagem à mamãe!!!!
 Fiquem com Deus. Beijinhos carinhosos, até breve!
0

Poema sobre as mães - Para Sempre


 Para sempre

 Por que Deus permite
 que as mães vão-se embora?
 Mãe não tem limite
 é tempo sem hora,
 luz que não apaga
 quando sopra o vento
 e chuva desaba,
 veludo escondido
 na pele enrugada
 água pura, ar puro,
 puro pensamento.



 Morrer acontece
 com o que é breve e passa
 sem deixar vestígio.
 Mãe, na sua graça,
 é eternidade.
 Por que Deus se lembra
 - mistério profundo -
 de tirá-la um dia?
 Fosse eu Rei do Mundo,
 baixava uma lei:
 Mãe não morre nunca,
 mãe ficará sempre
 junto de seu filho
 e ele, velho embora,
 será pequenino
 feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade

 " Passei uma tarde deliciosa com a minha mãe hoje, como há muito não fazíamos. Saímos para passear, conversamos, rimos, foi tudo de bom! Agradeço a Deus por ter a presença de minha mãezinha querida na minha vida, que ela perdure em vida por muitos e muitos anos!
 Beijinhos carinhosos..."

1

Mães!


Pensar em mãe é algo inexplicável. Em qualquer apuro, situações de medo e ameaças nosso coração aperta e inconscientemente pedimos por ela!
 Claro, a ligação que temos com nossas mães é algo que até a ciência explica, mas o que realmente guardamos dentro do inconsciente, lembranças que estão em alguma parte de nosso cérebro e que não conseguimos desvendar, os nove meses dentro do útero, as carícias e carinhos que trocamos na infância, as histórias e músicas que elas cantam e tantas outras memórias guardadas fazem com que esse laço seja cada dia mais fortalecido, mesmo estando longe, em outra casa, outra cidade, outro país, outro plano espiritual, nada quebrará essa força que une uma mãe ao seu filho!
 E nós, que já somos mamães sabemos bem disso, já temos essa ligação com nossos filhinhos, entendemos o porquê de tanta "dependência", pois foram nove meses esperando por um ser que nem havíamos visto, mas já amávamos, ao nascer, amor à primeira vista e depois com o passar dos dias, esse amor se torna algo incondicional!



Vejamos algumas frases sobre o assunto:

 "Deus não pode estar em todos os lugares e por isso fez as mães." - ditado judaico

 "O coração das mães é um abismo no fundo do qual se encontra sempre um perdão." - Honoré de Balzac

 "Os filhos são para as mães as âncoras da sua vida." - Sófocles

 "O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo. Ele não obedece lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina sem remorso tudo o que ficar em seu caminho." - Agatha Christie

 "Mãe é o amigo mais verdadeiro que temos quando a dificuldade dura repentinamente cai sobre nós; quando a adversidade toma o lugar da prosperidade; quando os amigos que se alegram conosco nos bons momentos nos abandonam; quando os problemas complicam-se ao nosso redor, ela ainda estará junto de nós, e se esforçará através de seus doces preceitos e conselhos para dissipar as nuvens de escuridão, e fazer com que a paz volte aos nossos corações." - Washington Irving

 "A mãe compreende até o que os filhos não dizem." - textos judaicos

 "Ser mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Ser mãe é encarnar a divindade na terra." - Barbosa Filho

 "O amor de mãe é o combustível que capacita um ser humano comum a fazer o impossível." - Marion C. Garretty

 "Mãe, que a beleza das flores, a doçura do mel, o brilho das estrelas envolvam você hoje e que você continue irradiando este amor e esta alegria que você sempre nos ofereceu." - desconhecido

 "Mães judiciosas sempre têm consciência de que são o primeiro livro lido e o último posto de lado, na biblioteca dos filhos." - Charles Lenox Remond

 Se você tem sua mãe em vida, faça um carinho por ela hoje. Se você não a tem mais em carne, eleve seus pensamentos e mande vibrações de amor à ela. E se você tem seus filhos ao seu lado, agradeça à Deus pela oportunidade de amar e de dar carinho!
 Tenham todos um lindo dia! Beijinhos doces...

1

A missão da maternidade


 Bom dia!
 Essa semana quero postar vários textos em homenagens à nós mamães e às nossas mamães queridas!
 Espero que gostem!
 Lembrando que terminei minha pequena reforma-arrumação no meu atelier, postarei as imagens ao longo da semana.

 "A missão da maternidade"

 O Bispo de La Serena, Chile, Dom Ramon Angel Jara, teve oportunidade de escrever um texto muito poético que diz:

 Uma simples mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus.
 Pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo. Que, sendo moça, pensa como um ançiã e, sendo velha, age com as forças todas da juventude.
 Quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida.
 Quando sábia, assume a simplicidade das crianças. Pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama. Rica, sabe empobrecer-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos.
 Forte, estremece ao choro de uma criancinha. Fraca, se revela com a bravura dos leões.
 Viva, não lhe sabemos dar valor porque à sua sombra todas as dores se apagam.
 Morta, tudo o que somos e tudo o que temos daríamos para vê-la de novo, e dela receber um aperto de seus braços, uma palavra de seus lábios.
 Não exijam de mim que diga o nome dessa mulher, se não quiserem que ensope de lágrimas esse álbum. Porque eu a vi passar no meu caminho.
 Quando crescerem seus filhos, leiam para eles esta página. Eles lhes cobrirão de beijos a fronte. Digam-lhes que um pobre viandante, em troca da suntuosa hospedagem recebida, aqui deixou para todos o retrato de sua prórpia mãe.



 Na atualidade, a mulher assumiu muitos papéis. Lançou-se no mundo e se transformou na operária, juíza, cientista, professora, militar, policial, secretária, empresária, presidente, general e tudo o mais que, no passado, era privilégio do homem.
 A mulher se tornou em verdade uma super-mulher que, além dos afazeres domésticos, conquistou o seu espaço no mercado de trabalho.
 Naturalmente, não para competir com o homem, mas para somar com ele, pois dos esforços de ambos resulta o sustento e o bem estar da família.
 A rainha do lar se transformou na mulher que atua e decide na sociedade.
 Das quatro paredes do lar para os palcos do mundo. Contudo, essa mulher senadora, escriturária, médica, administradora de empresa não perdeu a ternura.
 Ela prossegue a acolher em seu ninho afetivo o esposo e os filhos.
 Equilibrada e consciente, ela brilha no mundo e norteia o lar. Embora interprete muitos papéis, ela não esqueceu do seu mais importante papel: o de ser mãe.



 Dentre todas as mulheres que se projetaram no mundo, realizando grandes feitos, a nossa lembrança recua no tempo buscando uma mulher especial.
 A história não lhe registra grandes discursos, mas o Evangelho lhe aponta gestos e palavras que valem muito mais.
 Mãe de um filho que revolucionou a História, manteve-se firme na adversidade, na dor, exemplificando o que Ele ensinara.
 Não deixou testamento, riquezes ou haveres mas legou à humanidade a excelente lição da mulher que gera o filho, alimenta-O e O entrega ao mundo para servir ao mundo.
 Seu nome era Maria, Maria de Nazaré.

 Redação do Momento Espírita com base no artigo Um poético e autêntico retrato de uma genitora - nossa homenagem à toda mulher-mãe , do Jornal Correio Fraterno do ABC, de maio de 2000 e no texto retrato de Mãe , de Dom Ramon Angel Jara, Bispo de La Serena, Chile, tradução de Guilherme de Almeida.
0

Semana das mães !!!


 Lembrando que todo dia, toda semana, toda hora é para ser uma homenagem às nossas mães queridas, carinhosas e que amam incondicionalmente!
 O Dia das Mães teve sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte americana, Annie Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a idéia de perpetuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia das Mães  se alastrou por todo os Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson : dia 9 de maio.
 A mais antiga comemoração do dia das mães é mitológica. Na Grécia Antiga, a entrada da primavera era festejada em honra a Rhea, a mãe dos deuses.
 O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.


 Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Júlia Ward Howe, autora de O Hino de Batalha da República.
 No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.
 Em Portugal, o Dia das Mães é celebrado no primeiro domingo de maio.
 Em Israel, o Dia das Mães deixou de ser celebrado, passando a existir o Dia da Família em fevereiro.
 Portanto, se você achava que o dia das mães era pura e simplesmente uma data criada para a satisfação dos comerciantes, está aí a chance de saber que há uma história na criação desse dia tão lindo para ser comemorado com nossas mães e com nossos filhos!
 Fica a homenagem a todas as mamães do Brasil e do mundo, aquelas que dão a sua vida por seus filhos, aquelas que geram, aquelas que criam os filhos do coração, de sangue, aquelas mamães que muitas vezes renunciam por muitas coisas na vida por seus filhinhos amados e queridos!
 Parabéns a nós mamães, parabéns a todas as mamães desse mundo!!!
 Tenham todos uma ótima semana. Beijinhos doces e carinhosos em todos...

 MAMÃE, EU TE AMO!

 Obtida de http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_M%C3%A3es

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações