4

Aleluia!


 Viver é uma tarefa árdua, o trabalho frequentemente é penoso e em alguns momentos somos tomados pelo desânimo e pela falta de vontade. As influências negativas nos alcançam de forma rápida pela condição evolutiva de nossos espíritos; nossos pensamentos normalmente estão sintonizados em ondas energéticas mais baixas e com isso o abatimento vai ocupando os espaços de nossos corações, ficamos envolvidos em uma atmosfera melancólica.


 Há como revertermos este quadro fortalecendo nossa fé em um Deus justo e soberanamente bom através de leituras edificantes, Evangelho no Lar, músicas de conteúdo elevado e muito esforço próprio, boa vontade em transformar pensamentos ruins em reflexões de elevação moral e espiritual.

  
 Aprendi que na dificuldade o melhor a fazer é manter a esperança viva dentro do coração, crer que não existe mal que dure eternamente e que em tempo algum o mal será maior que o bem, basta termos olhos para ver; se procurarmos à nossa volta encontraremos sempre o auxílio necessário para cada uma de nossas aflições, as respostas certas para cada uma de nossas dúvidas, isso é uma questão de sintonia. Faz-se necessário acreditar que a dor irá passar e é imprescindível enxergar quais as razões de cada lágrima, o que há naquele momento difícil que preciso aprender, o que posso assimilar em cada tempestade que passa pelo meu caminho, essa compreensão é a chave para passarmos pela tormenta com resignação e ainda mais fortalecidos!


 Entre quedas e elevações devemos seguir sempre em frente, tentando aprender com os erros e não os cometendo mais. O desejo de mudar para melhor deve sempre ser maior do que a vontade de estacionar no tempo ou de continuar equivocando-se e machucando sentimentos próprios e alheios. Há em cada coração uma ardente vontade de transformação no caminho do bem, basta saber conectar-se com esse desejo, com esse potencial existente em todos os seres humanos.


 Nenhuma lágrima será inútil, Jesus jamais deixará de socorrer seus sinceros seguidores, em tempo algum a força e o amor do Mestre estará exaurida e nós sempre seremos amparados por sua compaixão e benevolência.


 Muitas vezes somos como uma vela ao vento, um grão de areia solitário ao sabor da tempestade... Porém, Deus não confiou a cada um de seus filhos uma caminhada inteira se não soubesse que existe a possibilidade de vencer, Ele sabe que cada ser humano pode conquistar a vitória através de suas próprias lutas e escolhas corretas, Ele espera isso de seus filhos.


 Alguns preferem entregar-se, rendidos pelas próprias viciações e mazelas, sentindo-se incapazes de lutar contra cada sentimento doentio e melancólico. Deus não interfere nas escolhas de seus filhos, Ele lamenta, Se entristece por cada má inclinação e por cada desvio de conduta a que nos rendemos, mas Ele espera pelo tempo de cada um, pelo amadurecimento e capacidade de cada criatura, por isso é bom e misericordioso.


 E Sua justiça divina vem das oportunidades que todos têm de reparar erros, de fazer diferente a cada dia, de não cometer os equívocos do passado e de poder escolher entre o bem e o mal, sabendo que Deus jamais pune ou castiga, o que ocorre são reações provenientes de ações e condutas, boas ou más, de acordo com a vontade de cada ser.
 Faça a escolha certa, em conformidade com as leis de Deus, lute contra a tristeza e o desânimo, esforce-se além de suas expectativas e o amparo chegará em sua jornada, o auxílio divino se fará presente a cada novo amanhecer, a cada nova oportunidade de fazer o bem.
 E no dia em que nos rendermos por completo ao amor de Deus e a misericórdia e bondade de Jesus os céus estarão floridos com sorrisos e louvores de Aleluia!


4

Caminhada...


 E eu vou lutando entre quedas e avanços, fraquezas e esforços...


 Que Deus nos ampare hoje e sempre e que a misericórdia de Jesus toque todos os corações que por aqui passarem!
13

Harmonia...

 

 Para começarmos a semana com muita harmonia interior e nos esforçando sempre em busca da melhoria de nossas ações, nada melhor do que um chá relaxante, uma boa leitura e uma música calma.


 Acompanhando o som tranquilo de Kevin Kern com Sundial Dreams, trago-vos as imagens de uma das últimas caixas de chá que terminei.







 Espero que apreciem e aproveito para agradecer a procura pelas toalhas, cliquem aqui para conferir. O Atelier vendeu quase todas, ficaram apenas duas que vou trazer novamente em uma próxima postagem com uma promoção imperdível! Fiquem de olho.
 E para quem quiser conferir outras caixas de chá que o Atelier Flor de Melissa produziu e que fizeram a alegria das clientes, clique aqui.
 Beijinhos carinhosos e desejos de uma semana cheia de harmonia para todos.
11

Bem vindo em nossa festa caipira!


Em julho comemoramos a vinda de nosso segundo filho em nossas vidas. O João é um menino muito carinhoso, desde bebê sempre foi de abraçar e beijar muito, falo que é meu "apaixonado"; tentei por dois anos engravidar e não conseguia, diferente de como havia sido na minha primeira gestação. Foram meses tensos, difíceis e de muita angústia para nós três, eu e meu marido e o Guilherme, meu filho mais velho; queríamos muito ter outro filho e finalmente depois de dois anos minha ginecologista receitou um medicamento e em um mês o João estava a caminho!


 Sentia-me plena, linda, feliz e foi através da minha segunda gravidez que comecei uma transformação de sentimentos; eu era muito impaciente, nervosa, irritada e reclamava de tudo. No final do sexto mês entrei em trabalho de parto e tive de fazer repouso absoluto até o final da gestação, imaginem uma pessoa que não para, elétrica e cheia de ansiedades ter de ficar três meses em repouso absoluto! Não teve outro caminho, senão o de escolher a transformação destes sentimentos em algo mais calmo, com mais paciência e tolerância. Foram meses de adaptação, crescimento moral e muita ajuda do meu marido, porque afinal de contas eu tinha um filho de cinco anos para olhar, cuidar e fazer as tarefas cotidianas. Foi um aprendizado para nossa família, uma linda oportunidade de nos auxiliarmos e aprendermos juntos as limitações que a vida nos impõe.
 Quando o João nasceu foi uma alegria, era um bebê super calmo, dormia bem à noite e completou nossas vidas nos enchendo de alegrias! Formamos nossa família passando por inúmeras dificuldades, mas sempre unidos e com ternura em nossos corações para oferecer um ao outro, tenho imensa satisfação quando vejo meus filhos crescendo, exemplificando os ensinamentos de Jesus que desde sempre foi vivenciado em nossa casa e até mesmo quando fazem aquelas bagunças e artes de qualquer criança, ainda mais meninos, sinto-me feliz, pois enxergo neles a alegria e a vontade de viverem intensamente uma vida de alegrias e conquistas!


 Hoje eu me vejo mais calma, apesar do transtorno de ansiedade que na verdade não tem nada haver com ser ou não calmo e paciente, ao contrário do que muitas pessoas pensam! Esforço-me ao máximo para olhar as dificuldades sempre sob uma percepção otimista, tento manter a paciência em situações que normalmente me tirariam do sério e procuro sempre colocar-me no lugar do outro para poder exercitar a tolerância de algo que me desagrada.


 Claro que algumas vezes eu enfio o pé na jaca e a vaca vai pro brejo, afinal sou imperfeita e não consigo manter o controle e equilíbrio o tempo todo; meu exercício maior no momento é aceitar-me claramente como sou, com minhas conquistas e defeitos e esforçar-me a cada dia para vencer minhas dificuldades. Pra falar a verdade, vou confessar que tenho uma dificuldade monstra para enxergar minhas qualidades, normalmente e na maioria das vezes, vejo e evidencio meus defeitos, sou extremamente perfeccionista e consequentemente sofro, porque perfeição meu bem não é deste mundo!


  Jesus conhece nossos defeitos e sabe quando iremos cair, em sua infinita misericórdia Ele sempre está pronto para nos amparar e compreender, sua angústia não é pelas quedas que teremos mas, se por ventura, nos entregarmos desistindo da luta e deixando de levantar!
 Então, a cada vez que me desequilibro tento enxergar as razões pelas quais ocorreu e em uma próxima e semelhante situação procuro manter a paciência e a tolerância diante dos fatos.


 Retornando ao propósito principal da postagem, vou compartilhar a festinha que fizemos para nosso pequeno grande João em seu aniversário de oito anos. Escolhemos o tema e decidi fazer algo bem simples envolvendo carinho para o meu filho e um ambiente de acolhimento aos familiares que viriam parabenizar meu caçula!
 O tema era Caipira e eu usei praticamente todos os objetos que já tinha em casa para fazer a decoração.


 As bandeirolas foram feitas com guardanapos coloridos e o nome do João foi recortado em papel jornal e colado nas bandeirolas da parede.


 Usei nossa cesta de piquenique, coloquei capim santo que colhemos no quintal e deixei secar para fazermos chá, um ratinho de pelúcia do João para fazer uma graça e a minha primeira costura, quem lembra? Essa abóbora foi minha primeira costura, clique aqui para relembrar.





 Usei o armário da cozinha como aparador e coloquei pipocas, bolachas tipo Maria recheadas com maria mole, pirulitos e paçoquinhas.


 Os pirulitos tapa na cara foram a lembrancinha, como eram poucas, fiz as tags de agradecimento à mão com papel para scrapbooking.


 Coloquei os pirulitos em mini regadores galvanizados que tenho na decoração de casa.


 Detalhes... usei mini chapéus de palha com papel de seda quadriculado dentro para acomodar algumas paçocas.


 Objetos de decoração da casa fizeram parte da festa...







 Na mesa do bolo alguns detalhes...


 Como estava um pouco frio, servi além dos salgados, um caldo de abóbora que fez sucesso!








 A mesa onde nos reunimos para conversar, sorrir, confraternizarmos e comemorarmos os oitos anos da presença especial e amorosa do João em nossas vidas.


 Alguns balões com gás hélio deram um toque especial na decoração.



 E cada criança que chegava ia ganhando um balão para brincar! Amarrei os balões em um velho latão de leite, todo amassado, mas que adoro usar na decoração rústica da minha casa.


 Todos juntos, a bagunça mais gostosa que pode haver!


 Minhas princesas! Minhas sobrinhas que em meio a um mar de meninos, floresceram em nosso jardim trazendo ainda mais alegrias para nossas vidas.



 Hora do parabéns! É pique, é pique...



 E o aniversariante cortando o bolo...




 Vamos nos lambuzar de cobertura de bolo? Vamossss...


 É sempre muito bom receber amigos e familiares para comemorar datas felizes e especiais!
 O tema escolhido pode ser utilizado em qualquer época do ano e serve tanto para menino quanto para menina, então espero que sirva de inspirações para você que procura algo para a próxima festinha do seu pimpolho. Há também a possibilidade de transferir o tema caipira para fazendinha e agregar outros itens à decoração, solte a imaginação e lembre-se de que o que vale é o carinho e afeto colocados em cada pequeno detalhe!
 Beijinhos doces!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações