5

Baunilha elitizada opondo-se às essências - Baunilha sintética

 O título da postagem pareceu-me agressivo de início, porém, quem nos garante que renomados confeiteiros não lutem contra o uso das essências, especificadamente da baunilha, se algumas de nós mesmas, cozinheiras do ninho doméstico, já obtivemos consciência de que usá-las seria uma ilusão de que estaríamos colocando em nossas receitas a baunilha...
 Essências são artificiais, ou seja, sintetizadas pelo homem que manipulam corantes e aromatizantes naturais ou artificiais até chegarem ao aroma do produto em questão o mais próximo do que seria o natural.
 O uso da fava de baunilha é um ato que na antiguidade e contemporaneamente também, é mais aristocrático do que popular. Poucas pessoas sabem que a baunilha vem de uma fava e que esta é o fruto de uma espécie de orquídea e que as conhecidas essências encontradas em qualquer supermercado não têm muito haver com o verdadeiro sabor da baunilha.


 Claro que a descoberta de uma essência que lembrasse o cheirinho agradável da baunilha e que trouxesse aquele docinho característico da planta às receitas foi a chave que abriu a porta para a popularização de seu uso, mesmo porque, a essência é inúmeras vezes mais barata do que os extratos naturais da baunilha ou de suas favas.


 Eu pesquisei bastante tentando encontrar a composição das essências de baunilha e não consegui achar nada muito relevante além do que já existe nos rótulos: "Água destilada, álcool etílico, corante caramelo e aromatizante". 
 A respeito do corante caramelo, fiquei bastante interessada e consegui achar no site Veg Vida algumas informações a respeito. Basicamente é um corante de cor entre o âmbar e o marrom escuro muito utilizado pela indústria alimentícia para dar cor aos produtos, porém, o consumo excessivo, em especial do tipo IV, poderia ser carcinogênico e também causar alguns tipos de alergias.
 Vale lembrar que esse corante está presente não só nas essências de baunilha mas em refrigerantes (aquele bem consumido no mundo todo!), achocolatados, shoyu, proteína texturizada de soja escura, cervejas, chás prontos, misturas para pães, bolos e tantos outros alimentos que consumimos.
 O corante caramelo é produzido pela caramelização de açúcares, mais comumente a glucose de milho, ou pela síntese de amônia e sulfito em sua versão artificial.
 Já os aromatizantes podem ser naturais ou artificiais. No caso das essências de baunilha, é utilizada uma substância sintetizada quimicamente chamada de etil-vanilina - aroma imitação de baunilha.


 Então querida leitora que adora cozinhar e saber das coisas, hoje aprendemos que Essências de Baunilha são artificiais e Extratos de Baunilha são naturais e consequentemente, mais caros do que as essências. Mas agora que já sabemos inúmeras coisas sobre a baunilha, de sua origem até o cultivo, já conseguimos compreender o porquê de tanta discrepância entre valores de produtos naturais, que levam as favas da baunilha em sua composição e o de produtos artificiais, que carregam apenas a cor, um leve sabor e o cheirinho característico da especiaria aristocrata.

  1. Ouro em favas
  2. Casulo perfumado
  3. Metamorfose através das favas - Cultivo e Secagem
  4. Baunilha elitizada opondo-se às essências - Baunilha sintética.
  5. Aquisição de flavor - Baunilha comercial.
  6. Pluralizando a eficácia - Uso e propriedades.
  7. Semeando sentimentos em uma folha em branco - Baunilha poética.
  8. Alquimia caseira - Receita de extrato e açúcar baunilhado. 


5 comentários:

  1. Mais um pouco de aprendizado contigo,Juni! Legal! Vamos nos especializar em baunilhas! bjs, lindo feriadão! chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Juni, realmente as industrializadas não ajudam muitas vezes nem no cheiro.
    Sempre melhor tudo que é natural.
    bjs no coração
    Cristiane

    ResponderExcluir
  3. Pôxa, Juni... sendo assim, eu desconfio que eu nunca comi baunilha. Que coisa, né?!
    Agora estou a imaginar qual o cheiro e o sabor da baunilha natural, a de verdade...

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Verdade querida Juni,a fava da baunilha n tem nada a ver com a essência de baunilha.Quando uso a fava em pudins e bolos o cheiro e sabor é outro. O Post esta fantástico,.beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Verdade querida Juni,a fava da baunilha n tem nada a ver com a essência de baunilha.Quando uso a fava em pudins e bolos o cheiro e sabor é outro. O Post esta fantástico,.beijinhos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações