0

Eu tento...


Eu tenho me esforçado... Embora, algumas vezes, cometo deslizes que só Deus, em sua infinita misericórdia perdoa.
Mas eu sigo firme, tentando fazer do meu agora o melhor que sou capaz.


Tenham um sábado de acertos nas propostas de Deus a nosso respeito!
Beijinhos de luz!

2

Até onde você se olha?


De fato, não conhecer a si mesmo só traz dor e complicações ao ser. A luta diária para olhar dentro de mim mesma é cada dia maior e quanto mais me olho menos quero ver. Somos tão imperfeitos quanto um caco de vidro rachado e o mais fácil é enganar-se e viver mascarando cada defeito e fissura contidos no espírito.


É incômodo olhar para si mesmo, mas quanto mais adiamos menos saberemos sobre nossas mazelas, porém, também não conheceremos nossas potencialidades e do que somos verdadeiramente capazes.

19

Até logo meu Xodó!


  Eu já não tenho mais palavras para expressar os sentimentos que vivi ultimamente. Estou cansada, esgotada emocionalmente; sem ânimo para lutar contra os pesares que me perseguem e quando penso que não terei mais lágrimas a vida vem me mostrar que sou capaz de me afogar em um oceano cheio delas. 


 O que estou fazendo das minhas dores? Momentos de lucidez trazem à tona toda necessidade de crescimento através de cada lampejo que a vida apaga do meu caminho, mas ultimamente não tenho tido muitos períodos de lucidez e tudo o que encontro são fagulhas, cinzas de mim mesma sendo incapaz de colocar em prática o conhecimento que recebi.
 Há momentos na vida em que precisamos nos permitir sermos humanos, sermos frágeis, defeituosos, imperfeitos. É preciso chorar tudo o que se tem, gritar aos quatro ventos todas as suas dores, quebrar-se para depois recomeçar inteiro de onde havia parado.
 Eu ainda estou chorando, ainda não terminei de sentir a minha dor que é só minha e ninguém sabe o quanto dói, como dói. Não sabem o que passei e nem o que tenho passado... Porque só eu sei o que realmente sou e como sou, das minhas imperfeições, das minhas falhas e fendas abertas para que a dor entre com toda sua força em minha alma. 
 E entre um longo suspiro e outro eu vou tocando meus dias...


 Há uma semana o telefone tocou mais uma vez trazendo notícias de que meu cavalo Xodó não estava bem e mais uma vez a vida encarregando-se de mostrar o quanto nada somos, o quanto ainda precisamos passar para evoluir, para transformar, para crescer. E de repente eu me pego afirmando que não quero, não quero crescer, não quero evoluir, não quero mais, quero fazer as coisas do meu jeito, quero ir contra tudo o que aprendi sobre evolução, sobre dor, sobre escolhas...


 Não adianta lutar contra uma lei de Deus, o progresso ocorrerá você querendo ou não.
 Deus sabe o quanto é difícil escrever sobre isso, quantas lágrimas escorrem dos meus olhos agora e quanto meu coração está fragmentado. Eu não sei se algum dia conseguirei juntar meus pedaços novamente, mas sei que sem querer estou crescendo...  
 Xodó estava passando mal, deitou e não conseguiu mais levantar-se. Foi uma viagem de duas horas até nosso sítio em Monte Santo, duas horas de dor, de angústia, de medos e o pior, de certezas! Eu sabia que era chegada a hora de despedir-me do meu Xodó! Embora eu não quisesse ver, não quisesse acreditar, eu gritava por dentro, meu silêncio era de prantos dentro da minha alma, como um fogo queimando e ardendo sem parar!


 Deus é muito bom! Deus é maravilhoso! Ele permitiu que eu chegasse a tempo de me despedir, tudo o que pedia em minhas preces foi ouvido e atendido. Com as visitas do veterinário para medicar e cuidar do Xodó, já era avisado que estávamos perto da partida dele e eu sempre pedi à Deus que permitisse que eu me despedisse do meu amigo, do meu companheiro que tanto me ajudou... E Deus me ouviu. Eu fiquei com Xodó até o fim, até seu último suspiro, embora isso tenha doído em mim, foi o melhor que poderia ter acontecido.
 Mas só Ele sabe o quanto isso me custa, quanta dor eu tenho, quantas lágrimas caem... Não importa o quanto irá continuar doendo dentro do meu coração, na essência do meu espírito o mais valoroso de tudo é que eu pude cantar pra ele, me despedir dele, deixá-lo mais calmo, como eu sempre disse que faria! É o mínimo que eu poderia fazer por todo o bem que ele me fez, por tudo o que ele me ensinou!


 Eu te amo Xodó! E para todo o sempre lembrarei de você! Um dia, com certeza, nos reencontraremos meu amigo.


   Eu Sempre Voltarei

Eu ouço o vento chamar seu nome
Chamando de volta pra casa
O fogo acende - uma chama que ainda queima
Oh, sempre voltarei para você

Eu sei que o caminho é longo
Mas onde você esteja é minha casa
Onde você estiver
Eu vou encontrar o caminho

Eu correrei como o rio
Eu seguirei o sol
Eu voarei como uma águia
Para onde eu pertenço

Não posso suportar a distância
Eu não posso sonhar sozinho
Eu não posso esperar para vê-la
Sim, eu estou no meu caminho de casa

E agora eu sei que é verdade
Todos os meus caminhos me levam a voce
E na hora da escuridão
Sua luz chega ate mim

Você corre como o rio
Você brilha como o sol 
Você voa como uma águia
Sim, você é o único
Eu vi cada pôr do sol
E com tudo o que eu aprendi
É para você, que eu sempre, sempre voltarei

Para ver a história completa do Xodó na minha vida clique aqui: Superação
Para ver mais postagens sobre o Xodó clique aqui: Xodó
Para saber sobre a dor que passam os animais sob a visão espírita clique aqui: O Consolador responde
Para saber sobre os animais no mundo espiritual clique aqui: O Consolador - Animais no mundo 
Para saber sobre os animais e o homem clique aqui: Os animais e o homem

Estima-se que Xodó avançava bravamente para os 35 anos de idade!


Alegra o céu com tua bondade meu Xodó!
13

Bolo!!!!! De um ovo só?

 Aqui em casa bolo é quase uma obrigação semanal. A molecada adora bolo e muitas vezes eu faço para o lanche e eles comem tudinho em uma tarde só! 


 Eu adoro isso, é muito bom ver a satisfação no olhar dos meninos e encontrar só os farelinhos do bolo me faz ter a certeza de que todo o amor que coloco em cada receita vale muito a pena. Mas, às vezes, você quer - precisa - fazer um bolo, vai pegar os ingredientes e se dá conta que tem apenas um ovo! Sim, um ovo!


E será que dá pra fazer bolo de um ovo só?


 Aqui em casa deu certo, deu tão certo que resolvi compartilhar. Vamos conferir ?!?



Bolo de um ovo

 Ingredientes

  • 1 colher de sopa bem cheia de manteiga;
  • 2 xícaras de açúcar refinado;
  • 1 ovo;
  • 135 ml de leite;
  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 xícara de fubá;
  • 1 colher de sopa de fermento em pó.
 Modo de fazer

 Misture a farinha de trigo com o fubá e o fermento, reserve.
 Bata a clara em ponto de neve e reserve. 
 Bata por dois minutos a manteiga e o açúcar, acrescente a gema e em seguida o leite e os ingredientes secos um pouco de cada vez alternadamente. Por fim, desligue a batedeira e incorpore a clara em neve à massa.
 Leve para assar a 200 graus em assadeira untada e enfarinha por 40 minutos ou até fazer o teste do palito.




Gostaram? Aqui em casa esse  bolo fez sucesso e surpreendeu a todos quando eu disse que era o bolo de um ovo só. E você, já fez alguma receita desse tipo? Conta pra mim nos comentários, vou adorar saber.
Beijinhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações