2

Dualidade divina


"Já vi borboletas
voarem faltando
um pedaço da asa
e rosas incríveis
desabrocharem num copo com água.
E é disso que me nutro
para acreditar
que a meteorologia
nem sempre está certa
e que dias cinzentos
podem ser prefácios de
noites com sol."
Marla de Queiroz


"Nem sempre o caminho é alinhado
e as pedras fazem parte da trilha,
cabe a cada um decidir
entre a dor de peregrinar com os
pés despidos ou
a lição assimilada através da
presença de Deus durante a trajetória."


"As borboletas não percorrem 
um caminho fácil
e na maioria das vezes encontram
muitas adversidades,
tão delicadas e sensíveis
são a verdadeira dualidade divina
entre a leveza frágil e a força impetuosa da persistência.
É disso que a vida é feita,
basta saber dosar!"

2 comentários:

  1. É amiga: a natureza é maravilhosa, só é preciso estar atento e observar. Adorei as fotos que estão lindas, como sempre.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. Happy April, Juni! Gorgeous images, I love the butterfly. Happy weekend to you!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações