6

Reflexão de sentimentos...adoçando a vida!!!!

 Hoje quero falar um pouco do universo mágico dos sentimentos que habitam nossa alma. Isso é algo que me fascina e muitas vezes me sinto um pouco, digamos, no bom sentido da palavra - se é que pode haver um bom sentido para certas palavras, - obcecada pela análise de algumas atitudes e quais sentimentos estão por trás de tais ações.
 Primeiro gostaria de saber se você acha que os sentimentos já vêm conosco de outras experiências vivenciadas ou se vamos adquirindo-os ao longo de nossa vida?


 O que leva uma pessoa a tratar alguém que ela mal conhece com aspereza e rigidez? Por que algumas pessoas são tão secas umas com as outras?
 Quais os sentimentos que estavam dentro destas pessoas e adoeceram? Sim, porque eu acredito que todos temos a capacidade de amarmos uns aos outros, mas por razões particulares deixamos com que alguns bons sentimentos adoeçam dentro de nós. Penso que muitas vezes agimos com a desculpa de estarmos em defesa de nossas dores, de sermos endurecidos por tantos sofrimentos e assim não nos soltamos em busca da melhoria de nós mesmos, não procuramos adquirir sentimentos que fortalecem ao invés de cultivar sentimentos que enrijecem e nos tornam pessoas frias, tristes...
  Existe um mundo infinito de sentimentos dentro das pessoas, um mundo borbulhando dentro do peito, sentimentos contrários mas que caminham lado a lado, algumas emoções inerentes ao ser, outras conquistadas durante sua existência e ainda algumas adormecidas pelas situações e passagens do cotidiano.


 Acho que o importante é saber o por quê de estar lutando contra sentimentos ruins, tristes, amargurados. Quais as razões que fazem valer a pena viver com a alma livre de sensações que adoecem e nos tornam frios, mas frágeis como cristais, que ao menor toque trincamos o que imaginávamos ser uma fortaleza. Vocês enxergam as pessoas mais frias como as mais fortes? Isso é um grande equívoco, estas pessoas estão vestidas de uma armadura que as protegem de si mesmas, porque a dor e a angústia de não saberem lidar com suas imperfeições e com sentimentos tão adoecidos faz com que se armem e sejam frias, endurecidas e muitas vezes rotuladas como insensíveis e até mal educadas.
 Somos estas pessoas? A resposta poderá nos trazer conflitos, mas enxergar a necessidade de mudança, de tratamento e de novas oportunidades de ser mais leve, de sorrir mais vezes, de tratar as pessoas bem, de perdoar é o começo de um longo caminho que será benéfico no momento que evidenciarmos as maneiras de como quebrar as amarras que nos tornam prisioneiros de nossas próprias dificuldades, escravos de nossas angústias, medos e aflições.


 O momento em que enxergamos a necessidade da transformação de nossos pensamentos e sentimentos, da mudança de nossas atitudes, passamos a viver melhor e com mais consciência de que o bem que fazemos para o outro volta em forma de energia salutar para nós. O perdão não é para o outro e sim para mim mesmo, que estarei livre de sentimentos que aniquilam minha alegria e sufocam todas as possibilidades de vivenciar a liberdade de não ter o rancor, a raiva, a mágoa dentro do meu coração e que destroem qualquer possibilidade de aprimoramento moral.
 A reforma interior é individual e intransferível, necessária para o crescimento e amadurecimento do ser que já consegue se ver como espírito que evolui e caminha rumo a perfeição.


 Que possamos identificar os sentimentos bons que existem dentro de nós e utilizá-los como ferramentas úteis para a transformação dos sentimentos doentes que ainda existem em nosso íntimo; seja uma mágoa por uma ofensa, a raiva por ter sido enganado, o desamor causado pela ausência e negligência daquele que esperávamos carinho e cuidados, a falta de bom senso ao tratar de assuntos referentes ao trabalho material, enfim, que possamos identificar esses sentimentos, sem o uso de nenhuma máscara que esconda as verdadeiras causas e dores que proporcionam essas sensações deletérias em nosso ser.
 E para adoçar a vida, nada melhor do que uma receitinha básica de bolo, não é mesmo? Porque o mundo já é bem amargo e, cabe a cada um fazer o seu papel, transformando cada gesto áspero em oportunidade de propagar a paciência e o carinho.




Bolo de Cenouras

Ingredientes da massa
  • 3 xícaras de chá farinha de trigo
  • 1 xícara de chá óleo
  • 2 xícaras de chá açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 3 cenouras picadas
  • 3 ovos
Ingredientes da cobertura
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 colheres de chocolate em pó
  • 2 colheres de manteiga ou margarina
Modo de fazer a massa

 Bata as claras em neve e reserve. Bater no liquidificador a cenoura, o óleo, o açúcar e as gemas. Juntar numa tigela a farinha, o fermento e o creme batido no liquidificador e, por último, as claras em neve. Untar uma assadeira e enfarinhar, levar ao forno pré aquecido para assar.
 Atente-se para o tamanho das cenouras, se forem muito grandes, use apenas duas.

Modo de fazer a cobertura

 Desmanche o chocolate no leite condensado, leve ao fogo baixo com a manteiga ou margarina sempre mexendo até o ponto de brigadeiro de colher.
 Despeje sobre o bolo pronto e frio. Se quiser polvilhe chocolate granulado ou raspas de chocolate.
 Bom apetite!










 

6 comentários:

  1. Oi Juni,
    Sei bem como é...eu tenho essa mania de sempre parar e analisar as atitudes das pessoas, inclusive as minhas...nada é o que parece, tudo tem um significado maior...uns mistérios que por vezes entendemos e as vezes não!!
    Ahhh...esse bolo deve estar divino!!!
    Beijos! =)

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Juni!

    Bom... eu não acredito em vidas passadas, mas como a palavra de Deus diz: "o amor de muitos se esfriarão" e "há dias maus". Todos vivemos um mau dia por algum problema. A questão é: "o que fazemos de nossos sentimentos?". Sou cristã e sei que sem Ele não posso conseguir sozinha as soluções para as dores que me afligem diariamente. Acredito que quando nos aproximamos de Deus, Ele realmente torna nosso fardo leve e nos faz olhar para as pessoas com os olhos dEle, sem julgamentos. Muitas vezes, uma situação toma um rumo ruim pelo jeito que a recebemos. Algumas pessoas estão tão frias e feridas que não enxergam nada além de suas muralhas, porém não aprenderam a voltar seus olhos para cima, para a Luz do Mundo.
    Acabei de voar num cantinho onde disse pro blogueiro que a mídia é responsável por isso - o mundo é materialista, o amor verdadeiro está "demodê" e os que estão vendo isso, têm obrigação de espalhar essa semente diariamente. Palavras se perdem ao vento, mas as ações ficam gravadas. Eu prefiro caminhar sempre, agindo com amor, pois sei que minhas ações, com certeza, vão ajudar transformar outras vidas.
    Suas fotos são maravilhosas, parabéns, o texto muito bem escrito e o bolo... hummm... manda um pouquinho pra cá? rsrs.
    Abração esmagador e lindo dia.

    ResponderExcluir
  3. Juni, tuas reflexões foram bem colocadas e ponderadas!Gostei! E o bolo? Ninguém resiste a um docinho,rs bj,s lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  4. A convivência com qualquer ser humano é complicada. Eu ainda não sei bem em que acreditar, mas tem pessoas que nos encantamos enquanto que outras toleramos. O feliz de tudo que deus sempre coloca anjos em forma de pessoas em nosso caminho. Amigos companheiro para uma vida inteira. Eu fico muito feliz mesmo estando longe termos carinho e amizade por uma pessoa que não conhecemos pessoalmente mas parece nossas almas se conhece.
    Que vergonha, ainda não fiz. Mas dessa semana não passa. Cada amigo que chega lá em casa mostro. Mas vou fazer e postar. Fico esperando os filhos estar em casa para fazer e esta sempre faltando um.
    Menina que lindo e apetitos esses bolo. Os pequeninos lindos. Gosto assim cada um fica com um. Estou levando a receita pois minha filha adora bolo de cenoura.
    Bjos tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Juni, infelizmente o mundo está cheio de pessoas amarguradas. Mas cabe a cada um de nós, transformar o mundo a nossa volta com mais docilidade e carinho.
    E que delícia de bolo você fez, amo bolo de cenoura e nada como uma boa receitinha para adoçar a vida.
    Tenha uma linda semana, bjos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Juni!
    Que belo tema p/uma reflexão, realmente é difícil de entender o comportamento de alguns "humanos" né?
    Ah, mas esse bolinho eu entendi logo que vi, que deve ficado muito delicioso kkkk
    Bjssssss e uma semana de sucesso e iluminada p/vcs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações