4

Bum Bum Bum, Castelo Rá-Tim-Bum!


E quem de nós, nascidos na década de oitenta não viu ao menos um episódio do Castelo Rá-Tim-Bum?
Aqui em casa foram pais que acompanharam na adolescência a estréia e os episódios inéditos e filhos que assistiram na infância as reprises de encantamento e sucesso.
Produzido e exibido pela TV Cultura entre 9 de maio de 1994 e 24 de dezembro de 1997, o Castelo Rá-Tim-Bum é referência de programa infantil de qualidade e repleto de ensinamentos.
Foi criado pelo dramaturgo Flávio de Souza e pelo diretor Cao Hamburguer, roteiros de Dionísio Jacob, Cláudia Dalla Verde, Bosco Brasil, Anna Muylaert e bonecos de Jesus Sêda. O programa teve 90 episódios e mais 1 especial, divididos em 4 temporadas.
Fadas, bruxos, gato e cobra falantes e um menino de 300 anos faziam a magia acontecer em episódios que eram capazes de entreter e divertir, ao mesmo tempo que ensinava.
É possível reviver essa mágica entre cultura e fantasia na Exposição que está acontecendo no Shopping Iguatemi em Ribeirão Preto.
A exposição está em cartaz desde o dia 24 de junho, com 24 ambientes em mais de 500 metros quadrados. Sucesso de público, tendo mais de 26 mil pessoas nas duas primeiras semanas, a exposição foi prorrogada até o dia 16 de setembro.
Então se você ainda não foi, corre que dá tempo e vale muito a pena. Mas se não vai poder ir ou não é daqui ou de São Paulo, onde ocorreu no Memorial da América Latina, vem comigo nessas imagens repletas de magia, cores, texturas e muita alegria!
Vamos nessa?!?    


O porteiro, na entrada do Castelo (da exposição), recebe os visitantes, todo prosa, assim como nos episódios.
  


Achei tão legal saber que a estréia foi no dia do aniversário do meu pai, 9 de maio.
💓💗


Nino, em uma imagem holográfica, conversando com os visitantes, logo na entrada, ao lado do relógio falante!



Todos os personagens são apresentados com os estudos dos figurinos, croquis, amostras de tecidos...
Aqui o Pintor Maluco.


Partimos para Biblioteca! Livros, a cadeira original utilizada no cenário e?
O Gato, claro!








Gato fofo ops, Gato Pintado! E o meu gato mais lindo, João!


Esses livros fazem-me lembrar do tempo em que as pesquisas e trabalhos escolares eram feitos apenas através dos livros na Biblioteca Municipal! Eu amava!!!



Penélope, vestida dos pés à cabeça de cor-de-rosa! Era uma repórter e apresentava seu próprio telejornal.


João de Barro e as Patativas eram os passarinhos que moravam na casinha presa à árvore que, por sinal, era a casa da cobra Celeste.
Os passarinhos sempre apresentavam um instrumento musical para o conhecimento da criançada. As Patativas perguntavam : - Que som é esse?







As matérias de jornais que relatavam o sucesso do Castelo na televisão brasileira e no mundo!



Ai ai ai...
Rsrsrsrsrsrs


Penélope também recebeu uma imagem holográfica interagindo com os visitantes.


Aqui as correspondências das crianças recebidas pela emissora. Tempo em que não havia outra forma de interação que não fossem as cartinhas!






Estudos dos tecidos e texturas para a composição do figurino do Dr. Victor e o croqui final. 




Doutor Victor! Tio do Nino.


Celeste, a pobre cobra sem braços! rsrsrs
Pelo menos era falante mas também era dorminhoca.



A casinha do João de Barro na árvore.


Bongô, o entregador de pizza, dançarino e amigo dos moradores do Castelo!


Que vontade de sentar nessa chaise, colorida e divertida! Mas não pode, pelo menos aí não!


A cozinha, com essas gavetinhas de diversos tamanhos onde eu ficava imaginando o que poderiam guardar em cada uma delas. Que vontade de abrir!!!



Os detalhes encantam os olhares!




Testes de penteado e figurino do Nino!



Todos os detalhes que fazem a diferença na magia final.



Assistiam muito o Castelo e amavam! 


E aqui podemos sentar, posar pra foto e matar a vontade de ficar na sala do Castelo mais mágico do mundo.


A Caixa Preta, invenção do Dr. Victor. Mostrava os sonhos, pensamentos e ideias em formas geométricas de quem a abria. Na exposição é mais um momento de interação dos visitantes com o Castelo!


Olha a alegria em poder abrir a Caixa Preta! 
Sonho de todos nós, né não?



Quarto da Morgana, tia Morgana, tia-avó do Nino. Era uma bruxa e contava histórias de antigas civilizações, de invenções e descobertas do homem.
Aparecia quase sempre somente em seu quarto no alto da torre principal do Castelo.





Adelaide era a gralha de estimação da bruxa Morgana.




Telefone original utilizado no cenário do quarto da Morgana.



Tíbio e Perônio, os irmãos gêmeos cientistas que ficavam fazendo experimentos em seu laboratório. Sempre que um assunto científico chamava a atenção de algum dos personagens, eram chamados os irmãos com alguém dizendo: - Eu conheço uma pessoa que se interessaria muito por isso!, e este mesmo personagem ou outro completava dizendo: - Uma não, duas!
Gente, eu era maluca pra ver de perto a roupa dos irmãos cientistas!!! rsrsrs






Mau e Godofredo moravam nos encanamentos do Castelo e a meta deles era serem horrendos e amendrontadores, mas eram amigáveis e doces!



Dedolândia, os dedos roqueiros que apareciam toda vez que uma conta precisava ser efetuada.


Em todos os episódios três crianças visitavam o Castelo participando das brincadeiras com Nino e junto dos outros moradores faziam a magia acontecer. Zequinha, Biba e Pedro eram crianças curiosas para viverem todas as experiências possíveis no Castelo encantado!









Telekid vinha responder às perguntas do Zequinha, que vivia a fase do por quê. Quando ninguém mais sabia responder aos seus questionamentos diziam: Porque sim! e o Telekid aparecia: - Porque sim não é resposta! e prontamente explicava a questão.


Rádio original utilizado no cenário das fadas Lana e Lara que brincavam com a identificação e classificação de objetos e seres, tudo acontecia dentro do lustre do Castelo.



O banheiro em que o ratinho pilotava um carrinho no mesmo formato dele e saía assustando todos pelo Castelo. Ao sair do carrinho o ratinho era todo feito de massinha e ensinava a importância da higiene pessoal.




Ratinho de massinha, original das filmagens e animações. Feito por Marcos Magalhães.


Caipora, aparecia quando alguém assobiava. Estava sempre faminta, comia de tudo enquanto contava histórias da cultura indígena para as crianças.



Quem não se lembra da musiquinha de lavar as mãos? Não precisa nem falar que esse quadro ensinava e estimulava as crianças quanto à importância de se lavar as mãos antes das refeições.


O ETevaldo! Um alienígena interpretado pelo ator Wagner Bello, que lamentavelmente faleceu no meio das gravações do seriado. Era um amigo muito querido do tio Victor, aprendeu a Língua Portuguesa em questão de segundos lendo o dicionário.


Achei tão interessante sua roupa, feita de EVA, um material tão utilizado pelas artesãs. Claramente o Castelo Rá-Tim-Bum foi uma grande obra de arte, tocante e tão educativa!




Dr. Abobrinha, o vilão que sempre entrava no Castelo disfarçado para tentar compra-lo, pois queria demolir tudo para construir um prédio de 100 andares no local.



Espero que tenham curtido passear pela exposição, se tiverem oportunidade, vale muito a pena visitarem, levarem os filhos, sobrinhos, netos! Um programa cheio de magia, cultura e que estimulava nós que assistíamos e nossos filhos que puderam também participar dessa linda e educativa história da televisão brasileira.
Hoje em dia sinto falta desse tipo de programa para as crianças, onde vivemos uma era diferenciada e cheia de facilidades me pergunto até que ponto isso será construtivo e benéfico para essas novas gerações ?!? É preciso muita maturidade e direcionamento dos pais para que crianças e adolescentes não percam oportunidades de interação social e convivência familiar por conta de tanta tecnologia e imediatismo que a web proporcionam.
Para quem quiser visitar a exposição o valor dos ingressos é de R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia-entrada. No momento da compra é possível escolher a data e o horário da sessão para visita. As vendas são feitas na bilheteria física no Iguatemi Ribeirão Preto e também pelo site.
O evento é uma realização da empresa Acervo 21 e Shopping Iguatemi Ribeirão Preto com co-realização da TV Cultura.
Ótimo passeio para o findi, não é mesmo?
Beijinhos de luz!

4 comentários:

  1. Parabéns pelas fotos. Retrataram muito bem a lindeza! Pena a fotógrafa não aparecer... Perigo roubar as cenas!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelas fotos. Retrataram muito bem a lindeza! Pena a fotógrafa não aparecer... Perigo roubar as cenas!!

    ResponderExcluir
  3. Que legal! Não acompanhei o programa, pouco sei sobre, mas parece um mundo mágico! Muito linda a exposição e o pouco que sabia sobre o programa é que era muito bem recomendado! E concordo contigo, apesar de não ter crianças em casa, que programas como este fazem muita falta hoje!
    Bjinho!

    ResponderExcluir
  4. Devo ter assistido alguns episódios realmente nossa TV está carente de programas educativos e divertidos.
    Adorei e as fotos e os modelos kkkkk ótimos
    Beijokas

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações