8

Alimento da Alma



 Não há dúvidas sobre a necessidade de alimentarmos nosso corpo. Precisamos de vitaminais, minerais, nutrientes e proteínas que encontramos em frutas, verduras, carnes e legumes além da necessidade vital de alimentarmos hidratarmos o nosso corpo com líquidos como chás, sucos e água.
A maioria das pessoas já têm alguma conscientização da necessidade de manterem uma dieta balanceada, consumindo bastante água e dosando a quantidade de açúcares e gorduras na sua alimentação.


 Contudo, quero refletir a respeito da primordialidade da consciência em obter a alimentação da alma; aquela que nutre a mente e o coração, enchendo-os de bons pensamentos e sentimentos salutares, trazendo inúmeros conhecimentos, abrindo um leque de oportunidades, possibilitando diferentes experiências e novos aprendizados, mexendo com a imaginação e com a capacidade mental de cada indivíduo.
 Uma pessoa alcança tudo isto quando lê um livro! Sentada no sofá da sala ou na poltrona de um ônibus a caminho do trabalho, é possível recorrer a um mundo de possibilidades através de uma boa leitura.


 Assim como há pessoas conscientes com a alimentação do corpo, há aquelas conscientes com a necessidade da alimentação da alma também, porém, em tudo há os dois lados da moeda e muitas pessoas ainda não têm esse tipo de percepção quanto as suas necessidades corporais, que dirá as suas necessidades intelectuais. Existe ainda, uma grande parcela da população que se encontram imersos em carências materiais e sociais, desprovidos da possibilidade de contato com o incrível mundo da literatura.
 Foi através da necessidade de levar um pouco de imaginação e fantasia a estas pessoas mais carentes e a todos que quiserem se aventurar pela incrível magia da leitura, que surgiu a vontade de iniciar o projeto chamado de Geladeiroteca!
 Esse projeto existe em diversas partes do país, desde Distrito FederalSanta Catarina até chegar aqui na cidade de Sertãozinho.
 O projeto consiste na customização de geladeiras que seriam descartadas, onde são depositados livros que ficam disponíveis para empréstimo à comunidade. As geladeiras são recheadas de livros e colocadas em diversos locais para que a população tenha acesso livre e possam desenvolver o saudável hábito da leitura. Acredito também, que com essa iniciativa, estimule na população a responsabilidade através do ato de pegar um livro, usufruir de todo seu conteúdo e então, a conscientização em devolvê-lo a geladeira para que outras pessoas possam também se beneficiar do mesmo conteúdo.
 Citei o projeto Geladeiroteca aqui no blog na postagem A construção através do aprendizado. Enquanto andávamos pela feira nos deparamos com uma geladeira cheia de livros, fato que nos chamou a atenção. Logo veio em mim o pensamento análogo entre o alimento do corpo e o alimento da alma. O que encontramos dentro da geladeira em nossas casas? Alimento que sacia a fome, água que acalma a sede e dentro da Geladeiroteca? Livros que nutrem a mente, que alimentam a alma!


 Prontamente o coordenador do projeto, o Haroldo, veio nos informar sobre o que era a Geladeiroteca e eu pude constatar aquilo que havia pensado.
 Alguns dias depois fui até a Biblioteca General Álvaro Tavares Carmo, conhecida como Biblioteca Canaoeste, onde o Haroldo trabalha como bibliotecário, para saber um pouco mais a respeito do projeto. Esta biblioteca é um serviço oferecido pela Canaoeste aos associados, cooperados e munícipes de Sertãozinho e região. Foi fundada em 14 de dezembro de 1972 e conta com um acervo de aproximadamente 15 mil livros para retirada por empréstimo, hemeroteca, computadores com acesso à internet, tecnologia Wi-FI, além de um agradável ambiente acolhedor para receber os visitantes.













 O Haroldo informou que existem três geladeiras na cidade de Sertãozinho e mais duas em andamento para serem utilizadas provavelmente, em uma escola do município e em um posto de saúde, locais de fácil acesso e numerosa circulação de pessoas.
 A Geladeiroteca está presente no CCI – Centro de Convivência do Idoso, local de atendimento ao idoso, em situação de vulnerabilidade ou exclusão social. São desenvolvidas ações importantes de integração do idoso por meio de musicoterapia, cursos de artesanato, atividades esportivas, viagens e passeios programados, palestras e reuniões festivas como aniversários e datas comemorativas. É realizado também o Programa Alimentação Comunitária, destinada a pessoas que apresentam carência alimentar, fornecendo alimentação diária em quatro locais da cidade:

Rua Paulo Meloni, 720 - Jardim Alvorada
Rua José Soares da Silva, 598 - Bairro São João
Rua Silva Jardim, 629 – Centro Comunitário - Distrito de Cruz das Posses
Rua Laurindo Scaranello,237 -  Bairro Jamaica

 A localização do CCI é a seguinte:

Rua Washington Luiz, 603
Bairro Jardim Soljumar
Telefone - 3942-9019


 A Geladeiroteca também se faz presente no CEJUSC – Centro de Solução de Conflitos e Cidadania, localizado à Avenida Jorge Abrão, 581, no Shangri-Lá e no CEM – Clube Esportivo Mogiana situado à rua Washington Luís, 2123, no Bairro Jardim Alvorada - Telefone - 3947-3589.





  A biblioteca General Álvaro Tavares Carmo conta ainda com uma parceria com o Centro Municipal de Memória de Sertãozinho, fazendo exposição temporária de pinturas e caricaturas de artistas locais, imagens do acervo cultural entre outras obras enviadas pelo CEMM, tendo ambos como objetivo a divulgação da história da cidade e de seus cidadãos e da arte de artistas locais, mantendo a preservação do passado através da exposição de seu acervo.





 E para quem se interessar em fazer doações de livros ou geladeiras é só entrar em contato com a biblioteca através do e-mail biblioteca@canaoeste.com.br ou ir diretamente à rua Frederico Ozanan, 842 – Centro. O pessoal também conta com a colaboração de artistas plásticos que queiram doar seus serviços para fazer a arte nas geladeiras!
 Projetos como a Geladeiroteca somam positivamente na vida de todas as pessoas, pois somente através da aprendizagem e educação é que constituiremos uma nação fortalecida e segura de seus direitos e de seus deveres. O acesso livre a leitura de um livro simboliza a confiança depositada em um povo muitas vezes destituído de suas próprias convicções, sem o culto ao hábito sadio da busca do conhecimento através da leitura, simples e diária para nós, um hábito natural vivenciado por nós e pelos nossos filhos desde sempre, mas que em algumas vidas isto é algo irreal, impraticável.


 E são iniciativas como a Geladeiroteca que fazem brotar a vontade em pegar um livro para ler, a ânsia pela busca do conhecimento, a magia do saber de uma história contada por outra pessoa através de um texto emoldurado pelo livro. Isso é puro encanto! Ler é encantador, folhear um livro é fascinante e se prender em sua história é algo ainda mais magnífico. Fico tentando imaginar cada pensamento quando se deparam com a geladeira estilizada, qual a sensação de cada um e mais, o que pensa e o que sente aquele que ali permanece para escolher um livro, ou quando algum livro lhe chamou a atenção e por isso parou para verificar do que se tratava...


 Que cada um de nós possa manter viva a esperança de que através de atitudes como a deste projeto e tantos outros por esse Brasil imenso, o nosso amanhã possa ser diferente. Iniciativas assim nos dão o ânimo necessário de continuar a crer que um dia todos terão acesso a leitura, todos terão o saudável hábito de lerem para seus filhos e cada um saberá zelar por aquilo que é de todos!


 Uma nação será verdadeiramente livre quando tiver a consciência de suas responsabilidades e de seus verdadeiros direitos!


  



8 comentários:

  1. Olá!
    Tudo bem?
    Seja bem vinda ao amigo Secreto!!!
    Já anotei seu e-mail!
    Linda semana!

    Um super bjo!

    Alê- Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  2. Puxa, que coisa linda!
    Um projeto sensacional e deve ser aplaudido , pois realmente os livros são grandes e "nutritivos!" alimentos para nossa alma!

    Adorei as fotos e conhecer esse Projeto. Valeu! beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  3. Ola Juni
    Que excelente projeto!
    Como eu queria encontrar uam geladeira
    com livros em português por cá!
    Amei o projeto,mas fiquei super feliz em ver
    seus lindos meninos! Uma feliz semana querida,beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi,Juni, bom dia!
    Adorei a postagem, projeto incrível, maravilhoso! Como fico feliz em ver esse tipo de trabalho. ..
    Desejo que tenha um dia feliz, cheio de paz e muita luz, beijinhos, Katia.

    ResponderExcluir
  5. Olá Juni....saudades...
    Essa geladeira é muito legal e culta (rs). Não conhecia esse projeto. Obrigada por partilhar!
    Um beijo grande e boa semana...

    ResponderExcluir
  6. Olá Juni!!!!!
    Excelente post, não conhecia esse projeto!! Achei incrível!!!
    Minha mãe sempre me incentivou ao hábito da leitura, acho muito importante esse "alimento da alma"...com a correria do dia-a-dia ficamos presos e os livros abrem um novo mundo de sonhos e oportunidades!!!
    Beijos e ótima semana pra ti! =)

    ResponderExcluir
  7. Oi Juni, é Vi, aqui temos o habito de pegar livros em biblioteca, não temos essas geladeiras aqui por perto, mas temos Céus, Rotarys que emprestam livros.
    Precisamos alimentar nossa alma a todo instante.
    Boa semana,beijos,Vi

    ResponderExcluir
  8. Que espaço maravilhoso!
    Acho que ficaria horas deslumbrada com os livros...
    Adoro ler, gostaria de ter mais tempo p/me dedicar a leitura.
    Bjsssssss querida e uma semana de muita paz e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações