8

Macarrão integral com cogumelos in natura



Os cogumelos são responsáveis por muitos pensamentos referentes a alucinações e fica na mente das pessoas o imaginário da figura do cogumelo que abriga o sapo, o duende ou as fadas! 


 Para as artesãs restam os cogumelos de chapéu vermelho com pintinhas brancas e sim, ele existe! É o Amanita muscaria, o cogumelo mais "famoso" entre as variedades. Mas não engane-se pela sua beleza, ele possui uma substância chamada muscimol que provoca alucinações! Ele é pouco tóxico, sendo letal apenas se ingerido em grandes quantidades.


 Existem ainda cogumelos azuis, Entoloma hochstetteri, são encontrados na Nova Zelândia, onde é tão popular que sua imagem foi inserida nos selos e cédulas do país.


 E aqui no Brasil não ficamos de fora das espécies de fungos exóticos e diferentes. Em florestas no Vale do Ribeira podemos encontrar o Mycena chlorophos, uma espécie belíssima de cogumelos bioluminescentes que irradiam um verde incrivelmente brilhante no escuro!


 Embora existam tantas espécies de cogumelos venenosos e alucinógenos, há os que são destinados ao consumo - com segurança! - e que são vendidos em feiras, supermercados e empórios de todo o mundo.
 Trouxe hoje três tipos de cogumelos que comprei frescos. Nunca havia adquirido cogumelos frescos, apenas os famosos Champignons em conserva. Aprovei os sabores e me tornei uma adepta dos cogumelos frescos!

  
 Temos na imagem os cogumelos Shimeji, Eryngui e Paris. 
 Os cogumelos que são utilizados para fins alimentícios têm muitas propriedades terapêuticas auxiliando no controle da pressão arterial, são ricos em fibras solúveis, fornecem vitaminas B1, B2 e C, estimulam a memória e ainda contém um alto teor de proteínas e aminoácidos essenciais, responsáveis para que o metabolismo funcione corretamente e que nosso corpo não produz sozinho.


 Eles têm ainda uma grande vantagem sobre a carne, pois contém uma quantidade baixíssima de gorduras.

 No Japão o hábito de consumir cogumelos é diário e vale lembrar que a longevidade dos nipônicos ultrapassa os 80 anos...

 Claro que a receita de hoje traz como ingredientes os cogumelos frescos, mas caso você não tenha acesso a eles in natura, substitua por champignons em conserva.
 Utilizei o macarrão integral que tem baixo teor glicêmico e maior quantidade de fibras, demorando mais tempo para ser absorvido pelo organismo, prolongando a sensação de saciedade, por isso, prefira consumi-lo no almoço, para que as energias proporcionadas pelo alimento sejam gastas nas atividades restantes do dia.
 Nada impede que você faça a receita com o macarrão comum.

Macarrão integral com cogumelos in natura



 Ingredientes

  • 1/2 pacote de macarrão integral;
  • Azeite;
  • Sal a gosto;
  • 2 dentes de alho amassados;
  • 1 colher de sopa de cebola bem picadinha;
  • 1 tomate sem sementes picado em cubinhos;
  • 1 colher de sopa de molho de soja;
  • Cheiro verde;
  • 1/2 xícara de chá de vagem cozida e picadinha;
  • 200 gramas de cogumelos frescos;
  • 1/4 xícara de chá de queijo parmesão ralado.

Modo de fazer

 Coloque o macarrão para cozinhar em 1 litro de água fervente com sal a gosto e um fio de azeite. Siga o tempo de cozimento de acordo com a embalagem do fabricante.
 Enquanto cozinha o macarrão, pique o tomate e corte os cogumelos ao meio, amasse o alho e pique a cebola. Coloque em uma frigideira 2 colheres de sopa de azeite e doure o alho e a cebola, acrescente a vagem e os cogumelos, refogue por cerca de 30 segundos e junte o tomate. Desligue o fogo, abafe com a tampa.
 Escorra o macarrão e coloque-o na frigideira com os demais ingredientes, acrescente o molho de soja, misture delicadamente, acrescente o cheiro verde a gosto.
 Coloque em uma travessa de servir e salpique com o queijo parmesão ralado. Sirva em seguida.
 Caso queira não utilizar nenhum ingrediente de origem animal nesta receita, não acrescente o queijo.

   Bom apetite!



8 comentários:

  1. Oi amada.

    Aqui em casa amamos champignons nos mais diversos pratos. Faz sucesso mesmo, mas os cogumelos frescos a gente nunca vê por essa região... infelizmente.
    Belas receitas, vou tentar hora dessas.

    Beijokas mil. Ótimo final de semana e feriadão.

    ResponderExcluir
  2. Funny mushroom post! Love your recipe!!!!
    Besos and a happy happy weekend
    Elisabeth

    ResponderExcluir
  3. Olá Juni!!!
    Aqui em casa não entra muita variedade pois meu marido não é o maior fã, então acabo utilizando pra mim ou quando tem visita em casa, eu adoro mesmo champignon!!
    Beijos e ótimo final de semana pra ti! =)

    ResponderExcluir
  4. Adoro cogumelos, mas sempre comprados no supermercado, porque não arrisco com os que crescem no bosque.
    A sua receita é divina. Já guardei.
    Beijo, querida

    ResponderExcluir
  5. Oi Juni,
    Adoro cogumelos, porém a turminha a aqui em casa não gosta,por isso e raro e ter,mas fiquei com água na boca com sua receita.
    Bjs e um ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  6. Oi Juni!
    Combinamos hoje na massa integral. Cogumelos eu realmente não sou fã.
    Teu prato ficou me convidando a me tornar fã dos coitadinhos kkkk
    Bjssss amiga e um lindo FDS p/vcs

    ResponderExcluir
  7. Oi Juni!
    Adoro cogumelos frescos, uso muito, mas te confesso que não posso pensar muito neles...corto, preparo, mas meu pensamento não pode ficar aí...engraçado, né? adorei a postagem...bjs

    ResponderExcluir
  8. I love mushrooms, lovely images.. And thanks for sharing the recipe! Have a happy day and new week ahead!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações