18

Semeando sentimentos em uma folha em branco - Baunilha poética


 A baunilha e os seus encantamentos não estão limitados ao sabor e aroma inigualáveis. Há uma imensa variedade de citações na literatura da especiaria tão admirada e desejada pelos chefs gourmets.
 Gonçalves Dias, grande poeta do romantismo brasileiro e da tradição literária conhecida como indianismo, onde a idealização indígena é retratada como um mítico herói nacional, teceu romances e poemas entre letras e palavras fazendo uma doce e verdadeira metáfora entre a baunilha e o relacionamento de amor.

A Baunilha

Vês como aquela baunilha
Do tronco rugoso e feio
Da palmeira — em doce enleio
Se prendeu!

Como as raízes meteu
Da úsnea no musgo raro,
Como as folhas — verde-claro —
Espalmou!

Como as bagas pendurou
Lá de cima! como enleva
O rio, o arvoredo, a relva
Nos odores,

Que inspiram falas de amores!
Dá-lhe o tronco — apoio, abrigo,
Dá-lhe ela — perfume amigo,
Graça e olor!

E no consórcio de amor
— Nesse divino existir —
Que os prende, vai-lhes a vida
De uma só seiva nutrida,
Cada vez mais a subir!

Se o verme a raiz lhe ataca,
Se o raio o cimo lhe ofende,
Cai a palmeira, e contudo
Inda a baunilha recende!

Um dia só! — que mais tarde,
Exausta a fonte do amor,
Também a baunilha perde
Vida, graça, encanto, olor!

Eu sou da palmeira o tronco,
Tu — a baunilha serás!
Se sofro, sofres comigo;
Se morro — virás atrás!

Ai! que por isso, querida,
Tenho aprendido a sofrer!
Porque sei que a minha vida
É também o teu viver.

© GONÇALVES DIAS
Manaus - 17 de junho de 1861
In Obras Póstumas - Volume I, 1868


 O estímulo que a baunilha proporciona inspirando poetas não para por aqui. Alice Vieira, jornalista e escritora lusitana, desperta o interesse dos mais pequenos com o "Livro com Cheiro de Baunilha", terceiro livro da série "Livros com Cheiro". A escritora conduz as crianças no caminho da leitura com quinze pequenos contos, apresentando-lhes vocabulário, jogando com as palavras e brincando com a gramática e a acentuação.


 Sveva Casati Modignani, romancista italiana atua na escrita de "Baunilha e Chocolate" descrevendo a história de um casal que parece perfeito mas está em crise, como se a baunilha e o chocolate já não combinassem tão bem outrora.


 E mais uma poeta brasileira rendeu-se ao doce poder da baunilha com "Inverno de Baunilha", onde Venus Brasileira Couy, doutoranda em Letras do programa de pós graduação em Ciência da Literatura da UFRJ, encanta pela ternura com que trata o "casto caso de amor". Nos fala em forma de poemas o secreto ofício de amar, ninando a todos com o abc do amor cortês com doces, chás e pitadas de bem querer.


 Estes e tantos outros escritores deixam-se levar pela doçura inebriante da baunilha, tecendo enredos com palavras bem colocadas, semeando sentimentos em uma folha em branco mediante uma baunilha insatisfeita em brilhar apenas nos bastidores da cozinha fechada e quente, tornando-se assim estrela e personagem indispensável na fantasia e fascínio dos poemas.


Esta foi a penúltima postagem da Série Baunilha e quem não conferiu, clique nos links e saiba tudo sobre essa especiaria que encanta e faz admiradores pelo mundo todo. 
  1. Ouro em favas
  2. Casulo perfumado
  3. Metamorfose através das favas - Cultivo e Secagem
  4. Baunilha elitizada opondo-se às essências - Baunilha Sintética
  5. Aquisição de flavor - Baunilha comercial
  6. Pluralizando a eficácia - Uso e Propriedades
  7. Semeando sentimentos em uma folha em branco - Baunilha poética.
  8. Alquimia caseira - Receita de extrato e açúcar baunilhado. 

18 comentários:

  1. Lindo poema!
    Eu sou apaixonada por baunilha, acho que dá um toque especial em tudo, e agora até nos poemas, que eu desconhecia.
    Bjssss amiga e um lindo FDS p/vcs

    ResponderExcluir
  2. Baunilha... e quem não é apaixonada por ela!
    Que perfume inebriante, não é mesmo, minha querida?
    Como vc está, hein?
    Tudo em paz por aqui?
    Sabe que a baunilha torna qualquer bolinho, por mais simples que seja, especial, não é mesmo?
    Preciso dizer que me encantei pelo post? ;-)

    Aproveitando, minha linda, quero te fazer um convite super especial:
    Tem SORTEIO DE UM BAÚ DE MATERIAIS PARA ARTESANATO rolando lá no MDL!
    Te espero lá, tá? Boa sorte!!!
    http://www.meudocelarbykarinfilgueira.blogspot.com.br/2015/04/sorteio-do-mdl-super-kit-craft.html

    Bjs no seu coração lindo!
    Que vc e sua família tenham uma noite abençoada! <3

    ResponderExcluir
  3. O sabor e aroma a baunilha inspira qualquer poeta :)
    Lindo!
    Beijinhos
    Petiscana

    ResponderExcluir
  4. Olá Juni!!!
    Amo baunilha de qualquer jeito: no bolo, no doce, no incenso, nos perfumes...eu mesma poderia ter me dedicado a fazer um poema a ela! rsrsrs
    Parabéns pela escolha das fotos, ficaram encantadoras!
    Beijos e ótimo final de semana pra ti! =)

    ResponderExcluir
  5. Olá Juni
    Obrigada por nos apresentar este universo da baunilha!
    As fotos ficaram bem rômanticas,beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Juni!
    Belas fotos e o tema, bem interessante - não sabia que a baunilha inspirava dessa forma e confesso que adorei! Fiquei curiosa pra saber a estória da Baunilha e do Chocolate.
    Obrigada pelo carinho lá na caverna. Qdo eu colocar as plantinhas, te aviso.
    Abração esmagador e ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Baunilha com seu aroma delícioso dando cheiro até em seus temas...
    amei!
    nunca vi uma fava de baunilha.

    bj

    ResponderExcluir
  8. Oi, Juni!
    Que delicadeza de postagem. Nunca pensei na baunilha inspirando poemas e histórias, apesar de sentir o aroma lembrando de minhas próprias histórias. Meu perfume favorito tem baunilha na composição e ela me remete à infância. Adoro fazer doces e acrescentar baunilha, só para sentir felicidade enquanto a temperatura do forno aumenta...
    Boa semana!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Quem diria, querida Juni, que a baunilha, para além de inebriante para os sentidos, fosse também fonte de inspiração para o espirito?
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  10. Oi Juni, poema lindo e baunilha sempre com um aroma tão doce que combinou perfeitamente, bjs.

    ResponderExcluir
  11. Amiga, olha eu aqui outra vez! :D

    INDIQUEI VC À TAG "MEU BLOG E EU" COM MUITO CARINHO!
    ESPERO QUE GOSTE!
    SUPER BJ, FICA COM DEUS E ATÉ MAIS!
    http://www.meudocelarbykarinfilgueira.blogspot.com.br/2015/04/tag-meu-blog-e-eu.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karin, minha flor querida! Obrigada, beijos!!!

      Excluir
  12. OI querida amiga,
    que post maravilhoso, a baunilha inspirou muitos poetas e escritores, adorei conhecer.
    Bjos tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Bom dia amiga!!!!
    Lindo poema...amo suas fotos...
    Passei para dizer que te indiquei para uma Tag! É só clicar "Tag Conhecendo a Blogueira"
    Um super bjo!

    Tag Conhecendo a Blogueira
    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alê, desculpa a demora! rsrsrs
      Vou clicar agorinha.
      Beijinhos.

      Excluir
  14. Linda postagem, amei! realmente a baunilha é especial!bjs

    ResponderExcluir
  15. Juni,

    Eu não sabia que a baunilha tinha inspirado tantos escritores.
    Isso que chamo de um post perfeito. Quanto conhecimento ele trouxe para acrescentar o nosso aprender.
    Passei pra deixar um abraço. Feliz dia das Mães! Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, isso me fará muito feliz!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Encomendas


http://www.flor-de-melissa-atelier.com/p/contato.html


Marcadores

Visualizações